Meio ambiente e educação ambiental: reflexões a partir da expansão urbana em Porto de Galinhas – PE - Brasil

  • Marry Regis Nascimento Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), Brasil
  • Dweison Nunes Souza Silva Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Brasil https://orcid.org/0000-0002-4720-4022
Palavras-chave: Turismo. Expansão Demográfica. Impactos Ambientais.

Resumo

O aumento populacional que a humanidade tem experimentado, especialmente em função do crescente processo de urbanização, é um fenômeno que adquire centralidade no que se refere ao aparecimento de desigualdades sociais, bem como de prejuízos ambientais. Nesse sentido, este trabalho tem como objetivo analisar os impactos socioambientais relacionados com o crescimento demográfico, contextualizado às contradições entre imperativos econômicos, sociais e ambientais em Porto de Galinhas, nas comunidades de Salinas e Pantanal. Para tanto, realizam-se estudos de revisão e de campo. É constatado que o processo de urbanização decorrente do crescimento populacional em Porto de Galinhas e praias adjacentes, trouxe ganhos econômicos, mas, por outro lado, especialmente em Salinas e Pantanal, há uma forte e transparente ausência de serviços básicos, como os de saúde e saneamento e moradia, bem como evidentes impactos ambientais aos ecossistemas manguezais, em função de crescimento de residências clandestinas nesses ambientes. Portanto, vê-se claramente a ausência, e, portanto, a urgência por políticas públicas que contribuam para a mitigação dessas particularidades em questão.

 

DOI: http://doi.org/10.5281/zenodo.2549808

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARRAES, Ronaldo de Albuquerque e; MARIANO, Francisca Zilania.; SIMONASSI, Andrei Gomes. Causas do desmatamento no Brasil e seu ordenamento no contexto mundial. Rev. Econ. Sociol. Rural [online]. vol.50, n.1, pp.119-140, 2012. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-20032012000100007. Acesso em 19 jul. 2018.

BERNARDINI, S. P. O planejamento da expansão urbana na interface com a urbanização dispersa: uma análise sobre a região metropolitana de Campinas (1970-2006). urbe. Revista Brasileira de Gestão Urbana, jan./abr., 10(1), p. 172-185, 2018. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/urbe/v10n1/2175-3369-urbe-2175-3369010001AO02.pdf. Acesso em 19 jul. 2018.

BPC – Blog do Professor Clebinho. Demografia: Estudo Populacional. Disponível em: http://www.clebinho.pro.br/wp/?p=3542. Acesso em 19/11/2017.

CARVALHO, J. A. M. Crescimento Populacional e Estrutura Demográfica no Brasil. Belo Horizonte: CEDEPLAR/FACE/UFMG, 2004. Disponível em: http://cedeplar.face.ufmg.br/pesquisas/td/TD%20227.pdf. Acesso em: 22 nov. 2017.

IBGE, 2016. Censo Demográfico – cidades de Pernambuco (Ipojuca). Disponível em: http://cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?lang=&codmun=260720&search=pernambuco|ipojuc. Acesso em 19 nov. 2017.

IBGE, 2018. Panorama das cidades – Ipojuca. Disponível em: http://cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?lang=&codmun=260720&search=pernambuco|ipojuc. Acesso em 19 out. 2018

IPOJUCA. Plano Diretor Participativo de Ipojuca – PE, 2007. Disponível em: http://www.policonsult.org.br/pdp/admin/documentos/texto_e_anexos.pdf. Acesso: 10 fev. 2018.

JC – Jornal do Comercio (2011). O lado sem glamour de Porto de Galinhas. Disponível em: http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/cidades/geral/noticia/2011/10/18/o-lado-sem-glamour-de-porto-de-galinhas--19299.php. Acesso: 1 março. 2018.

JORNAL DO COMÉRCIO (2011). O lado sem glamour de Porto de Galinhas. Matéria publicada em 2011, disponível em: http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/cidades/geral/noticia/2011/10/18/o-lado-sem-glamour-de-porto-de-galinhas--19299.php. Acesso: 22 nov. 2017.

LEAL, Georla C. S. de G., et. al. O Processo De Industrialização E Seus Impactos No Meio Ambiente Urbano. QUALIT@S Revista Eletrônica. ISSN 1677-4280. V. 7. n.1., 2008. Disponível em: http://www.ceap.br/material/MAT2004201302831.pdf. Acesso em: 22 nov. 2017.

MENDONÇA, Luís Carvalho de (Org.). A Invenção de Porto de Galinhas: História, empreendedorismo e turismo. Recife: Persona, 2004.

MESQUITA, D.; XAVIER, G. O turismo e a sua atuação no espaço urbano: o caso Porto de Galinhas – IPOJUCA – PE. Revista Turismo Visão e Ação (online), v. 15, n, 2 - p. 207– 225, mai-ago 2013. Disponível em: www.univali.br/revistaturismo. Acesso: 22 ago. 2017.

MOURA, H. A.; TEIXEIRA, P. Tendências recentes do crescimento populacional. Estud. av. [online]. 1997, vol.11, n.29, pp.95-126. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-40141997000100006. Acesso em: 22 jul. 2018.

PEREIRA, S. S.; CURI, R. C. Meio Ambiente, Impacto Ambiental e Desenvolvimento Sustentável: Conceituações Teóricas sobre o Despertar da Consciência Ambiental. REUNIR – Revista de Administração, Contabilidade e Sustentabilidade – Vol. 2, no 4, p.35-57, Set-Dez/2012. ISSN: 2237-3667. Disponível em: file:///C:/Users/Dweison%20N/Downloads/78-Texto%20do%20artigo-489-1-10-20121226.pdf. Acesso em: 25 ago. 2018.

SANTOS, L. S. et al. Desenvolvimento: Um Conceito Multidimensional. DRd – Desenvolvimento Regional em debate Ano 2, n. 1, jul. 2012.

Publicado
2018-11-01
Como Citar
Nascimento, M. R., & Silva, D. N. S. (2018). Meio ambiente e educação ambiental: reflexões a partir da expansão urbana em Porto de Galinhas – PE - Brasil. Revista Brasileira Do Ensino Médio, 1(1), 89 - 100. Recuperado de https://phprbraem.com.br/ojs/index.php/RBRAEM/article/view/7
Seção
Artigos