Matemática sagrada: uma abordagem para o ensino médio

Palavras-chave: Álgebra. Geometria. Trigonométrica. Simetria. Educação.

Resumo

A Bíblia Sagrada é repleta de simbolismos matemáticos, desde o livro de Gênesis até o livro do Apocalipse. Entretanto, poucos estudiosos aventuraram-se em desvendá-los. Jesus Cristo, o maior de todos os mestres, gostava de falar com os seus discípulos utilizando a linguagem matemática. Os livros dos Evangelhos de Mateus e Marcos relatam que Jesus realizou duas vezes o milagre da multiplicação dos pães e peixes. Na primeira multiplicação havia 5 pães e 2 peixes. Por outro lado, na segunda multiplicação, é relatado que existia apenas 7 pães e alguns peixinhos. A pergunta é: quantos peixes havia na segunda multiplicação? Até a presente data, não foi encontrado na literatura especializada, alguém que tenha resolvido este belo problema matemático (que denominamos de enigma matemático de Jesus Cristo). Também, na Bíblia Sagrada, no jardim do Getsêmani, nos dizeres da oração de Cristo, foi possível obter uma função quadrática, cuja rotação ofereceu uma figura geométrica que foi denominada calisóide de Cristo. Sendo assim, dentro deste contexto, o presente trabalho teve como objetivo mostrar a possiblidade de se estudar matemática usando a Bíblia Sagrada.

 

DOI: http://doi.org/10.5281/zenodo.2549773

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sóstenes Rônmel Cruz, Instituto Federal do Sertão Pernambucano - Campus Sertão, Brasil

Professor Assistente de Matemática do Instituto do Federal de Educação, Ciência e Tecnologia
do Sertão Pernambucano.

Cleomacio Miguel Silva, Universidade de Pernambuco - UPE, Brasil

Professor Adjunto de Física e Matemática da Universidade de Pernambuco (UPE).

Publicado
2018-11-01
Como Citar
Cruz, S. R., & Silva, C. M. (2018). Matemática sagrada: uma abordagem para o ensino médio. Revista Brasileira Do Ensino Médio, 1(1), 28 - 43. Recuperado de https://phprbraem.com.br/ojs/index.php/RBRAEM/article/view/6
Seção
Artigos