Educação ambiental: sensibilização e reflexão ambiental por oficinas e rodas de conversa

Palavras-chave: Prática de educação ambiental, Aprendizagem significativa, Meio ambiente, Educação

Resumo

A busca por melhorias na qualidade de ensino de Ciências nas escolas exige de todos os professores a continuidade em sua formação e, ainda, práticas pedagógicas que propiciem a sua participação nas atividades em sala de aula. O estudo ora apresentado resulta de oficinas realizadas por acadêmicos do curso de Ciências Biológicas – Licenciatura no componente curricular Estágio Supervisionado II: Educação não Formal, disciplina de Linguagens, seguindo a orientação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) de um trabalho transversal. O objetivo é a sensibilização sobre o descarte correto de resíduos e a reflexão acerca do consumo excessivo de materiais com vistas à preservação do meio ambiente e à formação cidadã e ambiental dos estudantes. Para o desenvolvimento das atividades foram realizadas oficinas de investigação sobre a correta destinação de resíduos e, ainda, sobre o período/tempo necessário para a degradação dos respectivos materiais observados. Para a análise dos dados foram realizadas rodas de conversa e debates a respeito da correta produção e descarte do lixo, com base no aporte teórico da área de Ciências e análise de conteúdo. Os resultados apontam que a metodologia aplicada motivou todos os estudantes a participarem com criticidade das rodas de conversa, fortalecendo o diálogo e a reflexão acerca da valorização do (re)pensar e do (re)significar conceitos sobre a Educação Ambiental, proporcionando, assim, maior consciência e responsabilidade de cada um na sociedade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cleiton Edmundo Baumgratz, Universidade Federal da Fronteira Sul - Campus Cerro Largo, RS, Brasil

Graduando do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Campus Cerro Largo, Bolsista do Programa de Educação Tutorial (PETCiências- SESu/MEC/FNDE) | Cerro Largo, RS, Brasil | Lattes ID: http://lattes.cnpq.br/2787486967081973

Tailine Penedo Batista, Universidade Federal da Fronteira Sul- Campus Cerro Largo, RS, Brasil

Graduanda do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Campus Cerro Largo | Cerro Largo, RS, Brasil | Lattes ID: http://lattes.cnpq.br/7375366448666926

Eloisa da Silva Pauletti, Universidade Federal da Fronteira Sul- Campus Cerro Largo, RS, Brasil

Graduanda do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Campus Cerro Largo | Cerro Largo, RS, Brasil | Lattes ID: http://lattes.cnpq.br/5134356169708150

Cleusa Inês Ziesmann, Universidade Federal da Fronteira Sul- Campus Cerro Largo, RS, Brasil

Doutora em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) | Professora da Universidade Federal da Fronteira Sul, campus Cerro Largo | Cerro Largo, RS, Brasil | Lattes ID: http://lattes.cnpq.br/9546447802670107

Referências

ABRELPE. Associação Brasileira das Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais. Panorama dos resíduos sólidos no Brasil.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Ed. 70, 2011.

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2019.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Consumo Sustentável: Manual de Educação. Brasília: Consumers International/MMA/MEC/IDEC, 2005.

CAMARGO, Dorotéia Alexandra Ferrarezzo. Programa de Educação Ambiental e Macroeducação. In: HAMMES, Valéria Sucena; RACHWAL, Marcos Fernando Gluck (Orgs.). Meio ambiente e a escola. Brasília: Embrapa, 2012.

CNS. Conselho Nacional de Saúde. Resolução nº 510/2016. Acesso em: 8 nov. 2019.

CORTÊZ, Fernanda. Kit Menos 1 Lixo. Acesso em: 09 nov. 2019.

DULLIUS, Maria Madalena; MARCHI, Mirian Ines; HAETINGER, Claus. Metodologias para o Ensino de Ciências Exatas. In: X Encontro sobre Investigação na Escola. Anais... Rio Grande, RS, 2010.

FERNANDES, Debora do Nascimento. A importância da educação ambiental na construção da cidadania. Revista OKARA: Geografia em debate, v.4, n.1-2, p. 77-84, 2010.

GATTI, Bernadete Angelina. Grupo focal na pesquisa em ciências sociais e humanas. Brasília: Líber Livro Editora, 2005. (Série Pesquisa em Educação, v. 10).

GONÇALVES, Wolney Roza; SILVEIRA, Djalma Dias Da. Educação ambiental em uma escola de ensino médio como ferramenta para conhecimento do passivo ambiental. Revista Monografia Ambientais, v.6, p.1433-1444, 2012.

GOHN, Maria da Glória. Educação não formal na Pedagogia Social. 1º Congresso Internacional de Pedagogia Social. Anais... São Paulo: mar. 2006.

GOHN, Maria da Glória. Educação não formal, aprendizagens e saberes em processos participativos. Investigar em Educação. São Paulo, n. 11, pp. 35-50, nov. 2014.

GUIMARÃES, Mauro. A formação de educadores ambientais. Campinas, SP: Papirus, 2004.

JACOBI, Pedro. Educação ambiental, cidadania e sustentabilidade. In: Cadernos de Pesquisa, n. 118, pp. 189-205, mar. 2003.

LIMA, Francisco Daniel Mota. Educação Ambiental e o Educador Ambiental: os desafios de elaborar e implantar projetos de educação ambiental nas escolas. Revista Monografias Ambientais, Santa Maria, v.7, n. 7, p.1717-1722, mar-jun 2012.

LOUREIRO, Carlos Frederico Bernardo. Educação ambiental e movimentos sociais na construção da cidadania ecológica e planetária. In: LOUREIRO, Carlos Frederico Bernardo; LAYRARGUES, Philippe Pomier; CASTRO, Ronaldo Souza de (Orgs.). Educação ambiental: repensando o espaço da cidadania. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2005, pp. 69-98.

LÜDKE, Menga; ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo Afonso de. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. 2. ed. Rio de Janeiro: EPU, 2013.

MELO, Marcia Cristina Henares De; CRUZ, Gilmar De Carvalho. Roda de Conversa: uma proposta metodológica para a construção de um espaço de diálogo no Ensino Médio. Imagens da Educação, v.4, n.2, p. 31-39, 16 maio 2014.

MORAES, Karen Serraneto. Educação ambiental e interdisciplinaridade. In: HAMMES, Valéria Sucena; RACHWAL, Marcos Fernando Gluck (Orgs.). Meio Ambiente e a escola. Brasília: Embrapa, 2012.

MOITINHO, Luziane Lisboa.; CARMO, Edinaldo Medeiros.; SANTOS, Magno Clery Palma. Os desafios da prática na formação inicial dos professores de ciências e biologia. Revista da SEnBio, Niterói, Rio de Janeiro, n. 7, p. 5198-5206, 2014.

OSÓRIO, Ticiano; HORN, Maria Rica. Para ONU, plástico é um dos maiores desafios ambientais. Zero Hora. Porto Alegre, 05 jun. 2018, p. 24.

PÁDUA, Suzana Machado; TABANEZ, Marlene Francisca (org.). Educação ambiental: caminhos trilhados no Brasil. São Paulo: Ipê, 1998.

PONTALTI, Edna Sueli. Projeto de Educação Ambiental: parque Cinturão Verde de Cianorte, 2005.

REIGOTA, Marcos. Meio ambiente e representação social. 6. ed. São Paulo: Cortez, 2004.

SEGURA, Denise de Souza Baena. Educação Ambiental na escola pública: da curiosidade ingênua à consciência crítica. São Paulo: Annablume/Fapesp, 2001.

SILVA Mirtes Moreira. Olhares e perspectivas sobre a educação ambiental, a democracia participativa e o empowerment de crianças e adolescentes em escolas da Rede Municipal de Ensino de São Paulo. (Tese de doutorado) São Paulo (BR): Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo; 2009.

TOLENTINO, Patrícia Caldeira; ROSSO, Ademir José. Percepção dos licenciandos de Biologia sobre construção da identidade profissional. In: VIII Congresso Nacional de Educação Educere, 2008, Curitiba. Anais do VIII Congresso Nacional de Educação - EDUCERE. Curitiba: Champagnat, 2008.

Publicado
2020-09-01
Como Citar
Baumgratz, C. E., Batista, T., Pauletti, E. da S., & Ziesmann, C. I. (2020). Educação ambiental: sensibilização e reflexão ambiental por oficinas e rodas de conversa. Revista Brasileira Do Ensino Médio, 3, 4-17. Recuperado de https://phprbraem.com.br/ojs/index.php/RBRAEM/article/view/52
Seção
Artigos - dossiê temático: ações de educação ambiental no Ensino Médio (2020)