Protagonismo juvenil na pesquisa científica: um relato de experiência com jovens do Ensino Médio

Palavras-chave: Iniciação científica, Protagonismo juvenil, Ensino Médio

Resumo

Este artigo se constitui como um relato de experiência desenvolvido com estudantes do Ensino Médio, a partir dos fundamentos da iniciação à pesquisa científica, e norteado por conceitos de protagonismo juvenil. O objetivo foi o de conceber e, ao mesmo tempo, estimular a prática da pesquisa científica pelos estudantes em suas atividades escolares, em cooperação com docentes e comunidade escolar. Para tanto, foram realizadas as seguintes etapas: 1. construção de um grupo de pesquisa, constituído por estudantes do Ensino Médio e professores de diversas áreas do conhecimento; 2. elaboração de website oficial em formato de revista eletrônica e; 3. organização de evento científico com o propósito de divulgação das pesquisas realizadas. Desde 2017, período em que se iniciam as atividades deste projeto, já foram publicados trabalhos em anais de eventos promovidos por instituições federais de Ensino Superior e publicação de artigo em periódico científico; palestras, realização de workshops e mesas redondas etc. A experiência permitiu perceber que a iniciação científica inserida no contexto do Ensino Médio é perfeitamente possível, e quando trabalhada com o contexto local torna-se ainda mais significativa e aplicável. Por fim, a acepção “protagonista” dos jovens se fez presente durante o processo do próprio fazer científico.

 

DOI: http://doi.org/10.5281/zenodo.3698387

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dweison Nunes Souza Silva, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), PE, Brasil

Doutorando em Desenvolvimento e Meio Ambiente pela associação em rede PRODEMA, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) | Secretaria de Educação de Pernambuco / Grupo de Pesquisa Sociedade e Natureza – Nexus (UFPE) | Recife, PE, Brasil |Lattes ID: http://lattes.cnpq.br/2128234521901723

Referências

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação - LDB (Lei 9.394/1996). 1996. Redação alterada pela Lei nº 12.796, de 2013; Lei nº 11.684, de 2008.

COSTA, A. C. G. Protagonismo Juvenil: O que é e como praticá-lo.

EDMA. V EDMA Encontro de Desenvolvimento e Meio Ambiente – EDMA. Disponível em: http://prodemaufpe.blogspot.com/p/edma-edicoes.html. Acesso em: 31 maio 2019.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: Saberes necessários à prática educativa. 25. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Panorama das cidades: Ipojuca. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pe/ipojuca/panorama. Acesso em: 12 out. 2019.

IFPE – Instituto Federal de Pernambuco. Convidados trazem diversidade de abordagens sobre Meio Ambiente. Disponível em: https://portal.ifpe.edu.br/campus/ipojuca/noticias/convidados-trazem-diversidade-de-abordagens-sobre-meio-ambiente. Acesso em: 12 out. 2019.

IPOJUCA. Conheça o Ipojuca. Disponível em: http://www.ipojuca.pe.gov.br/conheca-o-ipojuca/. Acesso em: 12 out. 2019.

KNECHTEL, Maria do Rosário. Metodologia da pesquisa em educação: uma abordagem teórico-prática dialogada. Curitiba: Intersaberes, 2014.

LEITE, Francisco Tarciso. Metodologia científica: métodos e técnicas de pesquisa. Aparecida: Ideias & Letras, 2008.

MARCONI, M. de A.; LAKATOS, E. M. Metodologia cientifica: ciência e conhecimento científico, métodos científicos, teoria, hipóteses e variáveis. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

MASSI, L.; QUEIROZ, S. L. Estudos sobre iniciação científica no Brasil: uma revisão. Cad. Pesqui., São Paulo, v. 40, n. 139, p. 173-197, 2010. Disponível em (doi): http://dx.doi.org/10.1590/S0100-15742010000100009. Acesso em: 12 out. 2019.

NASCIMENTO, M. R.; SILVA, D. N. S. (2018). Meio ambiente e educação ambiental: reflexões a partir da expansão urbana em Porto de Galinhas – PE - Brasil. Revista Brasileira Do Ensino Médio, 1(1), 89-100, 2018. Disponível em: https://phprbraem.com.br/ojs/index.php/RBRAEM/article/view/7. Acesso em: 12 out. 2019.

PITTA, G. B. B.; CASTRO, A. A. A pesquisa científica. J Vasc Bras, v. 5, n. 4, p. 243-244, 2006. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1677-54492006000400001. Acesso em: 31 maio 2019.

SERNA, A. G.; GOMES, E. T. A.; SILVA, D. N. S. Puntuando algunos de los desafíos de las universidades latinoamericanas en el futuro presente. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, v. 23, n. 3, p.648-664, 2018. Disponível em (doi): http://dx.doi.org/10.1590/s1414-40772018000300005. Acesso em: 02 jan. 2020.

SILVA, D. N. S.; GOMES, E. T. A. Discurso ambiental e a apropriação da natureza: o caso do Complexo Industrial Portuário de Suape – Pernambuco – Brasil. Boletim Goiano de Geografia, v. 38, n. 1, p. 49-67, 3 maio 2018. Disponível em: https://doi.org/10.5216/bgg.v38i1.52814. Acesso em: 02 dez. 2019.

SIMÃO, L. M. et al. O Papel da iniciação científica para a formação em pesquisa na pós-graduação. In: simpósio de pesquisa e intercâmbio científico da associação nacional de pesquisa e pós-graduação em psicologia, 6, 1996. Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: Anppep, 1996. p.111-113.

STAMATO, M. I. C. Protagonismo Juvenil: Uma Práxis Sócio Histórica de Formação para a Cidadania. XV Encontro Nacional da Associação Brasileira de Psicologia Social, 2009.

TOZONI-REIS, Marília Freitas de Campos. Metodologia da pesquisa científica. 2. ed. Curitiba: IESDE, 2007.

Publicado
2020-03-06
Como Citar
Silva, D. N. S. (2020). Protagonismo juvenil na pesquisa científica: um relato de experiência com jovens do Ensino Médio. Revista Brasileira Do Ensino Médio, 3, 1-11. Recuperado de https://phprbraem.com.br/ojs/index.php/RBRAEM/article/view/29
Seção
Artigos (Continuous Article Publishing - CAP)