Gênero na Educação Profissional e Tecnológica: resistências para o enfrentamento de opressões

Palavras-chave: Feminismos. Gênero. Opressões. Educação Profissional e Tecnológica. IFSul. Mecatrônica.

Resumo

Vivenciamos, no país, uma ascensão conservadora que, dentre outras marcas, traz a descredibilização das reivindicações feministas, de gênero e diversidade. Partindo da ideia de que o acolhimento às mulheres em cursos técnicos é um desafio aos Institutos Federais, elegemos, como objetivo geral, aprofundar as discussões sobre a equidade de gênero na Educação Profissional e Tecnológica, na expectativa de iluminar lugares silenciados às mulheres e reiterar a importância do conceito de gênero como uma questão educacional e política. Especificamente, pesquisamos a participação das mulheres no Curso Técnico em Mecatrônica, nas modalidades Integrado e Subsequente, no Câmpus Avançado Novo Hamburgo, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul- rio-grandense (IFSul). Para tanto, desenvolvemos pesquisa quanti e qualitativa com base em estudos sobre Feminismos, Gênero e Educação Profissional e Tecnológica e na realização; levantamento de registros acadêmicos; e análise de entrevistas semiestruturadas com estudantes e professoras. Tratamos, nesse artigo, de um recorte da pesquisa, a partir da categoria “Resistências para o enfrentamento de opressões”. A título de considerações finais, as articulações apresentadas neste estudo apontam para a necessidade do fortalecimento de uma Educação Profissional e Tecnológica comprometida com a formação humana integral e permanente da comunidade acadêmica do IFSul sobre as diferentes opressões, reconhecidas pela pesquisa ou ainda veladas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nei Fonseca, Instituto Federal Sul-Rio-Grandense (IFSul) Câmpus Pelotas, Brasil

Doutor em Educação pela Universidade Federal de Pelotas - UFPel | Docente do Instituto Federal Sul-Rio-Grandense (IFSul) Câmpus Pelotas| RS, Brasil| Lattes ID: http://lattes.cnpq.br/5156989271056790

Laís Basso, Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Brasil

Doutora em Educação nas Ciências pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ) | Professora colaboradora na Especialização em Educação pela Pesquisa do IFSul | RS, Brasil | Lattes ID: http://lattes.cnpq.br/5156989271056790

Ana Beatriz Tubino, Instituto Federal Sul-Rio-Grandense (IFSul) Câmpus Pelotas, Brasil

Estudante do Curso Técnico Integrado em Mecatrônica/IFSul | Novo Hamburgo, Brasil | Lattes ID: http://lattes.cnpq.br/2062411588111691

Publicado
2022-03-22
Como Citar
Fonseca, N., Basso, L., & Tubino, A. B. (2022). Gênero na Educação Profissional e Tecnológica: resistências para o enfrentamento de opressões. REVISTA BRASILEIRA DO ENSINO MÉDIO, 5, 61-71. Recuperado de http://phprbraem.com.br/ojs/index.php/RBRAEM/article/view/147
Seção
Artigos - Dossiê: "Ensino Médio Integrado em perspetiva"